quarta-feira, 27 de julho de 2016

Corta-tes...motivação

Um gajo vai ao ginásio para fazer exercício, suar, lavar as vistas caso se proporcione, espairecer e tal e coiso. Para isto tudo tenho que ter motivação, seja pela minha saúde, porque pago e bem, porque andam lá duas MILFS com um corpaço que metem 90% das miúdas de 20s num bolso, o que seja que naquele dia me puxa para cima, salvo seja.

Há cenas que cortam a pica toda com que eu estou ali a puxar pelo cabedal, a suar em bica, a dar ao pedal forte e feio no spinning. Os instrutores de spinning devem ser, a par com os instrutores da maior parte das aulas de grupo nos ginásios, a malta com gosto musical mais duvidoso que há. Ou então têm um sentido de humor 'peculiar'. 

Querido diário...LOL

Hoje mais uma vez estava eu ali a puxar forte e feio e diz o gajo de forma entusiástica "E agora vamos a um slow!!!"


Toda a gente conhece isto mas eu nunca tinha prestado verdadeiramente atenção na letra tirando a onda de dramalhão que emana do refrão, pensava que era só isso. Como eu estava enganado! Credo minha nossa...isto é de fazer chorar as pedras da calçada e eu identifico-me mais do que gostaria de admitir. 

Agora vou ali para um canto deprimir um bocado...

sexta-feira, 22 de julho de 2016

terça-feira, 19 de julho de 2016

Já está na hora...

Andava eu estes dias caminhando um local onde frequentemente tenho que ir em trabalho e cruzo-me com um, dos muitos que por lá trabalham, tuga que conheço e com quem me dou relativamente bem. Este pintas é mais velho do que eu, um manhoso (no bom sentido), tem uma lábia do caraças e dava bem era para RP de alguma disco e eu não me importo nada de estar um bocado à conversa com ele, muitas vezes os nossos deveres profissionais cruzam-se e ajuda sempre nos demos bem.

Ah e tal férias e o camandro, bora beber café. Conversa da treta para aqui e acolá, férias, música e cenas e tal e coiso...e gajas.

"Então, já arranjaste namorada cá?"
Eu: "Nem por isso, as mulheres não me ligam puto."
"Olha lá, tens que idade mesmo?"
Eu: "Então, ora deixa cá ver, diz que tenho 32..."
"Ah ok, já estás na idade de arranjar alguém..."

A conversa seguiu pelas relações à distância, como manter, o mau resultado que costuma dar e etc. e eu despachei-me que tinha coisas para ir fazer. Mas fiquei a pensar naquilo.

Olha que caralho, mas isto é assim? "Arranjar" namorada!? Eu acho que já escrevi sobre isto, eu detesto a expressão. Uma namorada não é, em meu entender, algo que se compre ou se arranje numa qualquer loja; quer dizer, é possível 'comprar' uma namorada, ou a experiência, mas isso é outro filme. 

VH1 what wtf wut amber rose

Esta gente acha que isto é só querer e as namoradas aparecem, as mulheres não são pokemons que estão por aí espalhadas à espera de serem apanhadas pelo telemóvel. Ora, dizem os entendidos que também é possível apanhar mulheres pelo telemóvel com uma aplicação mas, como já escrevi e como a minha experiência me diz, no meu caso é absolutamente inútil.

reactions wtf stupid frustrated facepalm 

Estás na idade?! Obrigado meu caro, já me chamaram velho de muita maneira, agora velho encalhado de uma forma tão subtil? Fodasse, quando quiser subir a moral vou ter contigo a correr...

wtf

Uma namorada até quero, não os pokemons, e não as quero coleccionar até porque sou homem de uma mulher só...de cada vez :P LOL  

sábado, 9 de julho de 2016

músicas que lembram gente

Os percursos de carro aqui de canto para esquina, estrada acima, estrada abaixo por vezes levam-me por pequenas incursões a memórias, pessoas, sentimentos e coisas afins. 

Ai que gaita pah, esta mania involuntária de associar pessoas a músicas tem o condão de transformar mais uma rotineira viagem de carro casa-trabalho numa rotineira, nostálgica e algo deprimente viagem casa-trabalho. 

Provavelmente por causa disto o meu sub-consciente andou a remoer nisto e hoje, enquanto os primeiros raios de sol entravam pelas frinchas da persiana do quarto, todos os momentos daquela noite, daquele quarto, do tesão sentido, da intensidade, do prazer, do desejo, da cumplicidade, o turbilhão de sentimentos que temperava tudo...tudo 'bateu' de novo de forma vívida. Saudades dela, saudades tuas...foi tão bom, mas o tempo passa, as vidas mudam.

Se um dia nos cruzarmos diz-me 'Olá' eu dou-te um beijo, ou dois :P