terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Swipe me right baby, come on let's get it on...

Os meus dotes na arte do engate são...vá, não tenho, ok... A prova disto é o resultado da minha presença num ou outro site de online dating e uso de uma certa app de engate, isso mesmo, o Tinder.

Não há que ter vergonha de se dizer que se anda no mundo do online dating, quase toda a gente o faz ou fez em determinada altura. Parece é que toda a gente já facturou à conta destas cenas menos eu. Verdade seja dita que eu nunca me empenhei nestas cenas a fundo, sempre levei numa boa, descontraído e sem nenhumas expectativas. Mas acho piada a alguma coisas que vejo.

O Tinder é a cena do momento, é o mais popular e eu comecei a encarar a app como um jogo. Para mim é um jogo em que que há duas opções:
- "Levava para casa e dava-lhe um grande tau tau!"
- "Nah..."

Acho Himalaias de piada às miúdas que escrevem no perfil delas que andam no Tinder à 'procura de amigos'. Oh pahhhhhhhhhhhhh fodasse, mas vocês estão a gozar? A sério que acham que no Tinder os gajos andam lá para fazer amizades? A sério que são assim tão ingénuas ou acham que alguém compra esse paleio de falsas púdicas? 

Não me fodam pah...pelo menos assim não.

A minha experiência no Tinder tem sido a ver a banda passar mas já tive um par de matches (loucuuuuuuura) que deu em conversa, cenas que no final de contas só me podiam mesmo acontecer a mim.
Uma delas vim a descobrir que era uma cam girl (a moça despe-se e brinca consigo própria em frente a uma câmara a troco de dinheiro) e queria que eu lhe fosse dar uma review ao site dela tendo para isso de pagar uns quantos €. Lá a mandei dar uma curva de uma forma educada.
A segunda foi um clássico da minha vida. Conversa da treta para aqui e para ali durante uma semana. Ah e tal bora lá tomar um café. Conversa porreira. (Ela) Ah e tal tenho que bazar porque vou a casa de uma amiga que está em baixo porque acabou com o namorado. (Eu) Ah ok, tudo bem, força nisso... Neste momento eu percebi que aquilo era o fim da linha. Os dias a seguir foram de absoluto silêncio. Mando uma mensagem para descargo de consciência. Silêncio dias a fio. Certo dia tenho uma resposta lá vinha o clássico dos clássicos "Isto para romance não dá mas pareces um tipo porreiro, bora ser amigos?"

Está bem está, sabes lá tu o "generous lover" que tu perdes. Foda-se, olha a minha sorte... 


17 comentários:

  1. Não conheço o Tinder. Só fiquei com uma ideia pelo que contaste.
    Agora o que eu sei é que pela net se podem conhecer pessoas muito interessantes (falo no sentido abrangente, não apenas para engate) e que, com alguma experiência, é relativamente fácil perceber quem está para o quê. Para evitar essas cenas maradas de "desaparecimentos". Assim como do primeiro exemplo.
    Agora tudo depende do que se quer.
    Se calhar até tiveste sorte. (Não estou a gozar ou a subestimar o que queres.)
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo que se podem conhecer pessoas interessantes, já me aconteceu algumas (poucas) vezes.
      Só se as pessoas quiserem ser muito tapadas é que não percebem o que é que cada um quer mas, como em tudo, há excepções e há excelentes actores que enganam tudo e todos.
      Sorte? é capaz, ao menos não me saiu uma psicopata na rifa lol
      Beijo

      Eliminar
    2. E foi por causa dos "excelentes actores que enganam tudo e todos" é que usei a palavra sorte. Ou seja, não ficaste a perder grande coisa porque rapidamente se revelaram.

      Eliminar
    3. Sim eu concordo e agradeço a sinceridade.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Queres saber mais do que deves :P Mas vai lá à playstore ou à applestore e procura por Tinder, experimenta e depois conta coisas :P

      Eliminar
  3. Eu já te disse várias vezes..."ninguém come o coitadinho" e enquanto tiveres essa postura, esquece :)

    Tens de mostrar que és o Sultan of Twats! lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se alguma vez disseste mas não é nada que eu já não saiba. O que eu digo aqui não ando a espalhar aos sete ventos e o comportamento aqui difere um pouco, obviamente que não me ponho com certo discurso quando falo com mulheres. Mas aqui posso desabafar, certo? :P

      Sultan of Twats é muito bom!

      Eliminar
    2. Já disse, já. Claro que podes desabafar. O espaço é teu :)

      Eliminar
    3. Ok, fica registado desta vez ;)

      Eliminar
  4. Experimentei isso pq uma pessoa aqui do mundo dos blogs me "mandou" instalar, eu instalei sem perceber o que era xD
    Das primeiras tres pessoas que tive conexão adorei conhecer, ainda hoje falamos bastante, mas muito sinceramente, alem de não ter percebido a intenção inicial da rede social, achei que o pessoal andava lá so para "dar umas" e não achei piada nenhuma xD
    E sempre que "gostava" de alguém era correspondida, o que na verdade se tornou um pouco assustador xD

    Trouxe-me uma pessoa incrível, que ambos nos adoramos conhecer, mas acho que foi mesmo muita sorte, porque de resto... "Xis" :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Tinder é uma app para o engate por excelência. Não digo que não seja possível conhecer alguém com quem se construa algo interessante e de quem se possa ficar amigo mas, as pessoas têm de abrir os olhos, o objectivo é o engate.
      Sou um tipo de preconceitos nestas cenas: se a malta só quer mandar umas, porreiro; querem conhecer pessoas e ver se dali sai algo mais, porreiro na mesma.

      Se tinhas assim muitas matches das duas uma: ou tens muita pontaria ou és mesmo bonita e os moços ficavam doidos :P

      Estou a ver que para ti teve muito bom resultado no fim de contas ;)

      Eliminar
    2. Mas eu não tenho problemas nenhuns em quem escolheu a rede social para ir dar umas... mas acho que se tornava mais interessante se não fosse apenas para esse fim!

      Haha, ficas com a duvida no ar agora! :P (No entanto não sei qual é a duvida :P)

      Teve sim, e engraçado que foi tipo a segunda pessoa com quem correspondi ... e que veio falar comigo, pq eu não mandava mensagens para ninguém xD

      Eliminar
  5. Não me arrisco no Tinder, sou demasiado fofinha para os gajos que lá andam só com um propósito =P
    Há uns dias escrevi sobre online dating, mas mais numa perspetiva de redes sociais como o Facebook, de ir conhecendo alguém que não é um completo desconhecido (amigos de amigos, por exemplo).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah agora tiveste graça com o demasiado fofinha :P Eu já ouvi alguns relatos de mulheres sobre as conversas 'agressivas' que muitos gajos têm logo no Tinder mas é como no Facebook: não gostas podes bloquear imediatamente e não te voltam a chagar.
      Eu instalei o Tinder por curiosidade, para ver no que dava e para ser surpreendido. Olha que há quem diga que eu também sou um fofo LOL Até agora o resultado está descrito no post mas não levo aquilo a sério.
      Li o que escreveste mas não percebi como a coisa se iria processar na tua perspectiva porque, ao fim ao cabo, pareceu-me que é em tudo semelhante ao Tinder.

      Eliminar
    2. Raios, apaguei o teu comentário por acidente, já depois de publicado (desvantagens de usar no Blogger no telemóvel). Fico tããão chateada quando acontece. Bom, como os assuntos são semelhantes, respondo-te aqui.

      Eu nunca usei o Tinder por isso não parto de um ponto de comparação, mas no Facebook raramente falei com um total desconhecido. Geralmente é um amigo de alguém que conheço e posso perguntar se vale a pena falar com essa pessoa. Talvez a principal diferença seja que não aparecem "creepers" a propor coisas coisas assim descaradamente. Ao contrário do que ouço sobre o Tinder, já me aconteceu conhecer rapazes que só queriam conversar sobre assuntos interessantes, por isso acho que o Facebook é usado por uma maior variedade de pessoas que o Tinder. Mas ao fim e ao cabo, acho que acabaria por não ser muito diferente do Facebook porque tenho um bom filtro e não estou, mesmo, disposta a perder tempo com pessoas que não queiram o mesmo que eu. Corro sempre o risco que estejam a mentir qual for o meio que escolher, mas já estou suficientemente treinada para perceber na maioria das vezes (e, surpreendentemente, a maioria é tremendamente honesta).

      Mas por não ser uma falsa púdica e por saber que os gajos no Tinder andam, maioritariamente, à procura de sexo, não uso. Estando "à procura"/ à espera de um companheiro acho que usar a App seria só desmoralizador.

      Eliminar
    3. Os tais "creepers" é mais complicado aparecer se, nos casos que falas, houver um amigo comum porque ha sempre o risco de sem querer ter a pessoa pela frente e depois os valentões atrás do teclado são confrontados sem ter escapatória.
      Para usar o Tinder tem de se fazer login com o Facebook, portanto, 'eles' andam por todo o lado lol
      Riscos existem sempre e qualquer um poder ter o azar de dar com um bom actor/actriz e ser enganado/a na certa, as relações humanas são, muitas vezes, muito complexas. Quem já leva uns anos de internet a certa altura começa a 'cheirar' tangas, se for perspicaz, passado pouco tempo.
      O Tinder, tal como outras apps, é só uma ferramenta para conhecer pessoas e essas mesmas pessoas é que lhes dão a fama. Atenção que ninguém me paga para defender o que quer que seja nem estou aqui para defender o Tinder, mas não acho de todo que recorrer ao online dating para encontrar alguém deva ser desmoralizador. é apenas mais um meio...

      Eliminar