segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Ovos moles

Ando cansado, não é o corpo, é a cabeça...Sinto-me cansado. Cansado do trabalho, do país, de mim próprio, da minha vida. Só me apetece dormir para que o tempo passe.

Quando tinha por perto pessoas que me eram próximas se calhar massacrei-as com as mesmas conversas, queixumes, pancadas. Se calhar por isso algumas pessoas se afastaram, outras disseram-me na cara que já chateava eu estar com a mesma conversa e que eu, apreciando a sinceridade, respeitei e calei-me. Fui-me calando, não falando. Depois é curioso ouvir/ler "Então? Não dizes nada pah..." Pois é...

Aqui neste meu canto de egocentrismo muitas vezes bato na mesma tecla de que me sinto só, sozinho, faltam-me gente, falta-me contacto humano, faz-me falta viver um amor, faz-me falta sentir uma paixão não unidireccional, faz-me falta sexo, faz-me falta sol, faz-me falta mar, faz-me falta acreditar em ilusões, faz-me falta sentir vivo. Faz-me falta isto tudo e mais alguma coisa, tenho fome disso tudo. Nunca me faltou apetite mas sinto que começa a diminuir.

É bastante fodido não me poder meter no carro e ir fumar um cigarro com aquela pessoa que é como um irmão. 

Vivo e sinto-me só. Já me incomodou muito. Estes dias têm sido estranhos porque não me apetece estar com ninguém. Sinto que fui perdendo as poucas capacidades de socialização que tinha. Sempre fui introvertido e nunca foi fácil para mim conhecer pessoas e fazer amigos muito menos. 

Nunca me senti no direito de exigir nada às pessoas. Não me sinto nesse direito mas há pessoas que já exigiram muito de mim. Exigiram o que eu podia dar, o que eu não sabia se podia dar, o que eu não sabia dar...algumas vezes culparam-me por eu não dar, culpa de não saber dar, culpa do que eu não sei como dar. Se me dizem que paciência não é o meu forte eu também não a fui recebendo em doses generosas.

A fome e o apetite parece que tem dias que entram em curva descendente da mesma forma que o desamor começa a aparecer quando estamos apaixonados. A indiferença apaga o amor e o ódio.

Não sei que rumo dar às ideias. Quero desabafar mas não quero falar, não sei bem o que dizer, os pensamentos estão difusos, estou cansado.

Nem tudo é mau. A fome por comida nunca passa e o meu brother from another mother disse que me mandava Ovos Moles, o que é muito bom! 

Ouviste/Leste? 


Foda-se...

(se há erros ortográficos no texto...not in the mood today, not in the mood...)

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

7 cêntimos

Há tempos fui ao dentista, mais uma vez. Na consulta o tipo lá me disse que era melhor tirar o dente, aconselhou vivamente mesmo. Cobrou-me €31 pela consulta. Paguei na hora.

Eu, como de costume, mandei a factura para a segurança social. Hoje recebi o reembolso. A consulta ficou em 7 cêntimos...nada mau no meio disto tudo. 

sábado, 3 de outubro de 2015

Cuddles...

Ahhhh merda...estou a ficar doente, dói-me o corpo todo, o sol brilhou hoje mas o tempo é de Outono sem dúvida.

Só me apetece ficar enrolado no quente mas apetecia-me ter aqui companhia que se aninhasse comigo e me dissesse que eu era fofo e fazer cenas...

love animated GIF

Se bem que isto também era bem fofo:

cat animated GIF

cuddling animated GIF