segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Choque

Tenho levado com cada tratamento de choque nos últimos dois meses que tenho dias em que estranho as minhas próprias reacções e tenho algum medo delas. Em certos momentos acho que estou algo desumanizado...esta merda é estranha mas fodasse...isto é complicado de gerir.

No dia de Natal perdi uma pessoa que foi fundamental no meu crescimento e na minha vida e que por força desta vida (por vezes de merda) de emigrante não pude acompanhar nos últimos meses de vida. Mágoas que ficam para sempre.

Fui tendo problemas no trabalho e a semana que passou foi no mínimo dos mínimos horrível em termos de ambiente, merdas que aconteceram e erros cometidos por mim.

Hoje, notícia choque, morre mais uma pessoa próxima. Uma pessoa com o seu quê de especial. Uma cena inesperada, coisa por explicar, de forma fulminante. Passou os últimos dias bem e num sopro...partiu.

Isto custa pah...custa um bocado ir engolindo isto tudo dia após dia, sozinho e não mandar cada alma que me aparece à frente 'pó caralho que os foda' porque é isso que vai apetecendo. 

Só me vai apetecendo meter-me na cama e esperar que os dias vão passando a ver se as coisas melhoram ou se não morrem mais pessoas próximas. 

12 comentários:

  1. A distância é sempre complicada de gerir, seja qual for a situação. Não podermos estar junto de quem mais amamos nos bons e nos maus momentos dá vontade de desaparecer ou de mandar tudo para o caralho.
    Senti isso quando o meu pai morreu. Não encontramos nenhuma razão para sorrir mas acredita em mim, basta estarmos vivos. :)
    Um beijo grande :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem sido complicado de gerir nos últimos tempos, há acontecimentos que tornam isto tudo uma grande merda e me faz questionar tudo e mais umas botas.

      Obrigado pelas tuas palavras, a sério.

      Beijos :*

      Eliminar
  2. Li algures esta frase " Estamos aqui de férias e depois vamos para casa"
    Claro que custa e muito não vermos mais as pessoas de quem gostamos, e custa ainda mais quando as coisas não correm de feição.
    Por esse motivo vamos pensar que dias melhores virão e é desta maneira que vamos ganhando forças.
    Um beijinho grande e força !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado :) Isto tem sido complicado...

      Beijos

      Eliminar
  3. Um abraço aconchegante e acredita em ti, Pedro.

    ResponderEliminar
  4. PM, apenas um beijo te deixo aqui. O resto vais sabendo...

    ResponderEliminar
  5. Melhores dias virão sim PM! Se estivesse aí voluntariava-me para te fazer companhia para que enroscadinhos e juntos esperássemos por melhores dias. Não sendo possível, devido à distância, fico daqui, ao longe, a torcer por ti.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohh obrigado :D Esperemos que sim, que haja dias melhores no futuro :/

      Eliminar