segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Sofrer à distância

A distância, mais uma vez a puta da distância... Estando longe não podemos valer àqueles de quem gostamos quando eles passam por momentos menos bons, um telefonema ou uma mensagem não é a mesma coisa. Não é mesmo.

Sempre, desde miúdo, gostei de "ver com os olhos". Gosto de tocar nas coisas e principalmente nas pessoas. Gosto do tacto e preciso de tocar em quem gosto. Acho que é importante, é uma necessidade para mim. Um telefonema ou uma videoconferência não substituem o toque. 

Há um sentimento de impotência que me invade porque não me posso tele-transportar para junto de quem eu gosto e que atravessa um momento menos bom, felizmente há saúde que é um bem de valor incalculável. 

O corpo está aqui mas o coração e cabeça nem por isso. 

O sofrimento não tem de ser necessariamente por motivos menos bons, o estar ausente leva a que perca os momentos bons também. 

Uma amiga casou e eu não pude estar presente num dos dias mais importantes da vida dela. Conhece-mo-nos desde os 6 anos e é das mulheres mais bonitas, por dentro e por fora, que eu conheço. Ela sabe que tenho pena de não ter estado presente, espero sinceramente que me perdoe e que não fique zangada comigo.

Outra amiga emigrou. Tenho muitas saudades dela, dos nossos cafés e cigarros, das conversas e de eu lhe dizer que ela é gira que dói. É verdade, o raio da moça é linda pah :P Sei que ela está feliz, está numa cidade fantástica e tenho a certeza que vai ser uma experiência extraordinária. Vamos a ver se a consigo visitar.

Há datas importantes a serem comemoradas na família e eu aqui sozinho. Sozinho em casa e no resto. Enfim, mais do mesmo...acho que vou enfardar Nutella a ver se me alegro.

nutella animated GIF


chocolate animated GIF

12 comentários:

  1. Essa do nutella matou me!!! Enfiar os dedos no frasco e .... vou ter que ir até à cozinha e a culpa é tua!! :)
    Quanto à distância... é fodida:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já me estou a lambuzar com panquecas com Nutella :P

      É fodido é...

      Eliminar
  2. A distância é mesmo uma merda...
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  3. Nestas situações acho que tudo o que possamos dizer não vai fazer a diferença mas,
    conheço casos (pessoas) em que elas estão bem pertinho e mesmo assim a distância é enorme.

    Comes essas coisas que te fazem engordar... depois queixas te !!! :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, as pessoas podem estar fisicamente perto e sentimentalmente a meio mundo de distância. Por vezes estar ao lado pouco quer dizer.

      Olha pois como, alguma coisa tem de me consolar e comer é dos únicos prazeres a que tenho acesso, o ginásio ajuda a contrabalançar estes pequenos pecados ;)

      Eliminar
  4. Maldita distância!... que nos reduz a tão pouco :(

    Diria que é quase uma loucura, ter tamanha coragem de conseguir virar costas a tanto que gostaríamos de ter por perto... A necessidade por vezes a isso obriga...

    Calmex amigo, não tarda estás por cá outra vez! Beijinho *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já fui apelidado de louco por me mandar sozinho para fora do país, hoje em dia sou mais um que para sobreviver teve que fazer as malas e partir de novo. É lixado mas vive-se, com o coração apertadinho mas vive-se.

      Pois, vou num instante a casa mas é por poucas horas...melhor do que nada.

      Beijo grande para ti :*

      Eliminar
  5. Já parti tantas vezes que perdi a conta. Eu li nas tuas palavras alguns dos meus pensamentos, porque estou sempre longe, sempre longe...!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até há pouco tempo eu tinha na minha cabeça quantas vezes me tinha ido embora, já não estou certo mas já são muitas...mas tem de ser, é o tipo de vida que escolhi e para qual agora não tenho alternativa. Custa um bocado...

      Eliminar