domingo, 6 de abril de 2014

Pequenos prazeres

Algumas pessoas já me apontaram o dedo a dizer que sou um gajo muito complicado, complexo e por aí fora. Eu não concordo, sou muito mais fácil de agradar e compreender do que se pensa.

A prova disso são as pequenas coisas que me deixam satisfeito e que me dão prazer. 

Há bocado fiz uma caneca de café, peguei num cigarro e fui para o terraço. O tempo está fresco, choveu durante a tarde e cheira a terra molhada. Ouviam-se alguns pássaros a chilrear, e já passava das 23h, e a casa estava silenciosa.

Estar ali sossegado a beber café e a fumar um cigarro soube-me muito bem! 

Simples! :D

P.S. - só faltava alguém para partilhar o café mas os prazeres solitários não deixam de ser prazeres.  

11 comentários:

  1. Esses momentos são essenciais para refletir a vida...

    ResponderEliminar
  2. Oh ... podias-me ter ligado.....estou a brincar... :):):) eu gosto desses momentos, Acredito que te tenham sabido muito bem !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se calhar quando chegasses o café já estaria frio mas quando quiseres aparecer é só dizer ;)

      Sim, soube bem!

      Eliminar
    2. Obrigado pelo convite PM, é simpático da tua parte, retribuo de igual modo..
      Olha que eu sou maluca e ainda aceito ;)

      Eliminar
  3. São pequenas coisas que fazem a vida ter sentido... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As pequenas coisas têm tanto valor, eu gosto deste momentos com sossego :)

      Eliminar
  4. Também se aprende a estar sozinho. Não abdicava desses momentos. Fazem-me falta para a minha estabilidade. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que já não preciso de aprender muita coisa no que a estar sozinho diz respeito, toda a vida estive assim. Toda a gente tem de saber estar sozinho, acho que é importante para toda a gente, é importante para essa mesma estabilidade. ;)

      Eliminar
  5. Eu adoro esses momentos! Sabem-me tão bem!

    ResponderEliminar