terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Erro crasso

Sempre pensei que fosse levar mais tempo mas hoje cheguei à conclusão definitiva que no final do ano passado cometi um dos maiores erros da minha vida.

Pensava que estava a trocar um emprego com contrato a prazo por um emprego estável, com contrato permanente e que me iria dar paz de espírito e tempo para criar raízes e construir uma vida...tremenda asneira. Vim cair num inferno.

Faço o meu trabalho e passo por traidor, agindo de boa fé tenho as pessoas contra mim devido a guerras pessoais...fodasse lá para isto.

Quero-me ir embora, quero a minha casa, quero os meus pais, quero as pessoas lá de casa e nem para um bilhete de avião tenho dinheiro. 

Estou a ficar tão farto...que merda.

10 comentários:

  1. Era altura para dizer que "não há mal que sempre dure...". Mas há alturas em que desmoralizamos mesmo. Não serve de absolutamente nada, mas... estou solidária e espero que as coisas melhorem, mesmo. É uma merda viver a lutar contra um mundo que nos tenta engolir. Haja força hercúlea por aí! Segue daqui, deste Portugal um mundinho cheio de esperança.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado BAd.
      Pois o povo lá diz que não há bem que sempre dure ou mal que nunca acabe mas isto está mau, muito mau. Cansa lutar assim, cansa por ando a viver para e com migalhas. Haja força!

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Não faço ideia, não faço ideia de quando vou ter dinheiro para isso. :/

      Eliminar
  3. É uma merda quando tomamos riscos e dá pro torto :/
    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  4. Já me senti perdida bem longe de casa, a precisar de colo sem o poder ter.
    Calma, não sei se é o caso mas não te precipites, em alguns locais o mundo de trabalho é um inferno. Abstrai-te :(

    Espero que melhore...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Maria :)
      Ja tive momentos maus e sempre que vivi longe de Portugal contei com isso, faz parte deste tipo de vida, mas esta é uma situação mais complicada.

      Não me quero precipitar mas mal tenha uma oportunidade mudo-me de novo. O trabalho aqui não devia ser um inferno, não devia mas revelou-se tal.

      Eliminar
  5. Estás a precisar de desabafar e sei que não é aqui! Irei ao teu encontro, pois sei onde te encontrar. Até já...

    ResponderEliminar