sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Palavras à chuva e ao vento

Hoje apetecia-me ter um colo onde deitar a cabeça por 10 minutos e sentir que tudo ia ficar bem, que a minha vida ia correr bem, que as coisas iam dar certo, que fiz a coisa certa, que vou encontrar um rumo...sem falarmos, as carícias cúmplices falariam por nós.

Hoje apetecia-me um colo não da minha mãe, não de uma amiga mas de uma confidente, companheira, amante!

É algo assustador mais um recomeço quando as coisas não são bem como julgávamos que viriam a ser e pensamos que se calhar desperdiçamos outra boa oportunidade em buscar de algo que pensávamos ser o melhor para o nosso futuro.

Nunca me tinha sentido tão estranho, nem custado tanto, ao chegar a um aeroporto e sair sozinho e carregado de malas como tantas outras vezes fiz. Desta vez é diferente. Não tenho medo da solidão, sempre foi a minha única companheira de viagem, aceito-a, mas isso não quer dizer que goste sempre da companhia dela. Nalguma coisa a minha vida tem estabilidade.

Hoje apetecia-me um colo, sem perguntas, sem insistências, um colo que me inflamasse o corpo e a mente e me levasse para longe por um bocado... 





14 comentários:

  1. Muito sentido!
    E sabes....acho que conheço essa sensação...na realidade todos precisamos de colo.......
    Beijinhos e força :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, há dias e dias e como eu nunca fui de ter colo às vezes gostava de ter.

      Obrigado.

      Beijos!

      Eliminar
  2. Ó PM , o que é isso , um menino tão forte como tu ;)
    Eu percebo essa vontade de colo , não posso dar colo, mas deixo-te um abraço e um beijinho .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Girl olha que todos temos os nossos momentos e se calhar não sou tão forte assim. Há menos bons :/ Mas obrigado e fica a intenção ;)

      Beijos e abraços!

      Eliminar
  3. Dado que sou sempre eu a dar colo, também eu já gostava de ouvir:
    "anda cá que não és a fortaleza que aparentas ser, também tu precisas de colo".

    Já tinha passado por aqui mas nunca tinha comentado.
    Espero ter tempo para ir passando mais vezes.
    Um bom fds e ânimo. Ainda agora o ano está a começar.
    Ainda há muito para viver e conquistar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Patrícia, obrigado pela visita antes de mais. Passa por aqui sempre que quiseres e comenta à tua vontade.

      Pois, sabia bem ouvir isso por vezes. O ano está a começar é verdade, mas há coisas que me fazem estar hesitante quando ao desenrolar do ano, como vai ser e por aí fora.

      Obrigado pela força, bom fim-de-semana!

      Beijos

      Eliminar
    2. O futuro é sempre um livro em branco.
      Cabe-nos a nós (perdão pela redundância), tentar perceber se o queremos escrever ou se esperamos que alguém o faça por nós.
      Um beijo.
      PF

      Eliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. No fundo, a solidão procura colo, na verdade até ela sente essa carência!
    Chamaste de colo, mas podias chamar apenas, de uma figura feminina, que te acompanhasse nos teus passos, que deixasse que a solidão tomasse conta de ti!
    E fizesse com que os teus passos fossem os dela, que os dois caminhassem no mesmo caminho...

    Na verdade, em todos os começos existe essa fraqueza, que nos domina, que nos faz pensar...
    Será que o caminho que escolhemos foi o certo?!
    Na verdade, a consciência faz esse teste, e a solidão faz com que ele seja avaliado no nosso dia a dia....
    Na verdade é o começo de um ano....

    Beijoca boa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A solidão procura colo, olha que está muito bem observado e faz tanto sentido. Esse colo e essa figura feminina de que falas neste caso até se podem confundir numa mesma coisa. Se calhar tens mesmo razão e gostaria de ter com quem partilhar mais esta etapa, mais este capítulo nesta minha vida meio estranha. Eu gostava...

      Este é mais um recomeço e como nos outros há sempre receios e fraquezas que tomam conta de mim, desta vez há outras coisas que me fazem ter ainda mais receio porque podem pôr tudo em causa e eu ficar numa situação muito má.

      A solidão é companhia, companheira e confidente. Mais um ano que começa, que seja um ano um pouco melhor que o que passou e que não foi nada mau.

      Beijos

      Eliminar
  6. Tem calma, tudo a seu tempo acaba por encontrar uma resposta! Um motivo. Uma razão! Pior que maus começos é não arriscar e deixar que a vida, os sonhos e as ambições nos passem literalmente ao lado!
    Relativamente ao resto, sabes (melhor que muitos que me rodeiam) que te compreendo tão bem...

    Beijocas, ânimo e coragem!!! Melhores dias virão, com certeza!

    (outro a comentar como fragmentos)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tento encontrar calma em tudo o que posso, encontrar realmente uma resposta e um rumo certo. As decisões que tomei e tomo têm as suas consequências e eu tenho que arcar com elas e ser responsável para as assumir, mas será que fiz as escolhas certas? Hope so...

      Obrigado pela força!

      Beijo grande!

      (eu notei, eu sei de quem vem ;))

      Eliminar
  7. Todos os homens devem ter direito a 15 minutos de colo. Só 15 minutos. O tempo que sobrar é o tempo de oferecer o colo a uma mulher.

    ResponderEliminar