segunda-feira, 4 de março de 2013

No autocarro

Vinha para casa no autocarro, sozinho no meio de tanto emigrante como eu, perdido com os meus pensamentos e queria falar com ela. 
Queria que ela falasse comigo, que me ligasse, queria saber se pensa em mim.

Não sei bem o que pense. É melhor desligar um bocado as ideias e o coração. Amanhã há viagem de trabalho...depois penso nisso.


20 comentários:

  1. Olaaaá!! Pelo que vejo o trabalho e a integração vão andando bem.
    Mas então querias falar com alguém e não o fazes.. Espero que estabeleças contacto com quem queres rapidamente, mas pensa positivo.
    Afinal a neve continua ou nem por isso?
    Olha que o motivo que te levou aí seja concretizado.
    Bom trabalho . Vai dando noticias!:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O contacto não sei se existirá, talvez.

      Já praticamente não há neve mas o frio, oh esse ficou!

      Eliminar
    2. Desculpa mas não percebo,que estranho sentimento,telefona tu , a incerteza nunca foi coisa boa!
      Vá força para mais um dia!:)

      Eliminar
    3. Já respondi noutro comentário porque é que ainda não o fiz.

      Eliminar
  2. Sabes...tu não me conheces de lado nenhum mas escreves-te neste pequeno texto aquilo que eu gostava que a pessoa de quem me despedi tivesse pensado, sentido. Só queria que numa viagem de autocarro ele me tivesse ligado....

    Desculpa a invasão e boa sorte :)

    Liz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é invasão nenhuma, estás à vontade.

      Queremos coisas simples não é...mas mesmo essas estão difíceis.

      Obrigado pelo comentário.

      Eliminar
  3. Como é que se desliga as ideias e coração? Eu nunca o consegui fazer perante este tipo de incertezas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem eu sei bem, mas tento distrair-me com outras coisas. Tento...

      Eliminar
  4. Telefona-lhe tu e pergunta-lhe diretamente :)

    Beijinho e que tudo corra bem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tenho coragem, não sei se devo. Provavelmente está melhor sem mim.

      Eliminar
    2. Já disse o mesmo...Telefona tu! Vá PM ,nada de inseguranças. Vale mais sofrer por ter tentado do que ser derrotado pela dúvida de nada fazer.
      Beijinho e um Bom dia!

      Eliminar
    3. Se não lhe telefonas nunca vais saber. Ficas a olhar para o telemóvel sem coragem :) Anda tenta! :)

      Beijinho

      Eliminar
  5. Por mais longe que tenhas ido... não vai adiantar nada. Se ela ficou no teu coração, o teu pensamento não a vai largar!
    E vais pensar nela em qualquer lugar, mesmo naquele mais inusitado.

    Beijos e bom trabalho por aí...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim eu sei, e tão cedo não me sairá da cabeça e muito menos do coração. São coisas que não se controlam. Eu saí do país mas não vim inteiro.

      Beijos

      Eliminar
  6. ...traigo
    ecos
    de
    la
    tarde
    callada
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    COMPARTIENDO ILUSION
    PM

    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...




    ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE MASTER AND COMMANDER, LEYENDAS DE PASIÓN, BAILANDO CON LOBOS, THE ARTIST, TITANIC ...


    José
    Ramón...


    ResponderEliminar
  7. Arrisca, liga, pergunta como está.
    O coração é um osso delicado como disse a outra... Ás vezes um miminho faz bem.
    Além disso estás numa gase de adaptaçao, portanto faz ainda mais sentido. Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim é um "osso" delicado, concordo :P

      Os mimos fazem sempre bem, mas e quando a pessoa não quer os nossos mimos? Eu gosto de mimos mas dela já não há.

      Eu adapto-me bem, só preciso de conhecer os sítios porque com o resto tenho de viver.

      Eliminar
  8. Liga, se percebi bem, tu foste embora, ela continua onde estava.

    Arrisca, o pior que pode acontecer é perceberes que dentes msid s falte dela que o contrário, se for o caso não é melhor saberes?
    Liga e boa sorte.
    Espero que o telefonema s deixe feliz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ela ficou ainda mais longe é verdade. Isto não deve ser uma competição a ver quem sente mais a falta de quem mas há diferenças é verdade e eu sei quais são.

      O que realmente me deixaria feliz não se resolve com um telefonema, não é assim tão simples.

      Eliminar