sábado, 10 de novembro de 2012

Que bem que se está no campo…tem dias na verdade

Eu já vivi em algumas cidades diferentes. Cidades com menos de 30 mil habitantes e numa com mais de 8 milhões! Na verdade sempre fui um gajo do campo.

Vivo a 2km do centro da cidade mas vivo numa aldeia, isso tem algumas vantagens. É sossegado, o ar é puro, poucos carros, tenho o rio perto e posso ter animais de estimação à vontade só para dar alguns exemplos.

Ontem à noite, depois de estacionar o carro na garagem e antes de entrar em casa reparei naquilo que é grandes vantagens de viver no campo: dá para ver as estrelas todas!

Só há tempos, estava eu a chegar a casa um Sábado de madrugada, é que reparei na quantidade de estrelas que dava para ver. Uma nitidez, uma beleza indescritível  Até vi uma estrela cadente! Foi a segunda vez que na minha vida vi uma e, apesar de saber a explicação científica para aquele rasgo fugaz de luz, pareceu-me especial.

Aqui há uns dois ou três anos eu acharia uma tremenda estupidez eu estar a pensar nisto do céu estrelado ser lindo e querer partilhar esse facto com alguém. Será que fui eu que mudei ou esta fase anda-me a bater de uma forma estranha?

Em todo o caso, o céu estava bonito sim senhor.

19 comentários:

  1. Até eu acho estranho falar de céus estrelados e sou gaja :P (este ano já falei deles :D) e quando comecei a ler este texto achei que estavas a falar do sítio onde eu vivo. Também é a 2km da cidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda esta noite tornei a reparar no céu. Isto de chegar a casa depois das 5 dá para tudo.

      É possível que vivamos na mesma zona mas, a julgar pelo teu blog, acho pouco provável :)

      Eliminar
  2. Bom S. Martinho PM!

    P.S. Podes ficar com todas as estrelas mas a lua é minha. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado e para ti também espero que tenha sido.

      Fica lá com a lua à vontade, só nos dias de lua cheia é que fico a olhar e a esperar as coisas inesperadas que por vezes ocorrem :P

      Eliminar
    2. Naa
      Queres a lua nos melhores dias!
      (já tive melhores...)

      Eliminar
    3. Eu partilho ;)

      Lua cheia acompanhado tem sempre um encanto muito particular. Aquilo mexe com as pessoas.

      (também eu já tive e então hoje...parece que tou com uma brutal ressaca e nem bebi)

      Eliminar
    4. Partilho o sentimento e não bebi mas garanto que vou beber...

      Eliminar
    5. É para apagar, tenho um trabalho para acabar, aniversário, velorio e ainda um fantasma que Insite em reaparecer...

      Eliminar
    6. Isso realmente merece uma bebida! Pode ser que mais tarde faça o mesmo.

      Eliminar
    7. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  3. Afinal olhar para o céu e contemplar a beleza da natureza é algo tão simples e belo e a única coisa necessária é ter predisposição para isso. Usufrui! Boa semana!:)

    ResponderEliminar
  4. Eh lá... a olhar as estrelas? Viste o passarinho verde?
    :)
    Beijossssssssssssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa teve piada. :)
      Olha, não vi o passarinho e acho que com este frio não me vem visitar tão cedo, se calhar é melhor a passarada tirar férias. Foi assim um momento de nostalgia e depois queria ver se tornava a ver uma estrela cadente.

      Beijo*

      Eliminar
  5. Desde pequena que adoro olhar para as estrelas e para a lua. Mas, estrela cadente, nunca vi. Não é justo, pá! Como é que eu posso pedir desejos, sendo assim? :)

    (já agora, quanto a mim, há uns dois ou três anos é que eras uma pessoa estranha... ;) )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eh pah, aconselho paciência :P É uma coisa rápida mas que tem algo de encantador.
      Arranja companhia numa noite estrelada e tentar ver uma. é um bom plano, hein?

      Eliminar
    2. Mas por que raio é preciso arranjar companhia? As estrelas cadentes não se deixam ver por pessoas solitárias, é? Ai as malandras... ;)

      (e, admito, a paciência não é uma das minhas principais características)

      Eliminar
    3. Não é bem preciso, mas torna a coisa mais interessante a meu ver. Desta vez vi a dita cuja sozinho, só se quiseres contar como companhia a cadela que estava a dormir na casota a dois metros de mim.

      Paciência é uma virtude mas confesso que demorou menos de 5 minutos para ver uma :P

      Eliminar
    4. Vi outra no fim-de-semana. Foi só sair do carro e por acaso olhar para o céu.

      Eliminar