quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Ansiedade

Tem-me apetecido muito beber e fumar. Muito mesmo. Isto não é bom.

Não posso ir por esse caminho. Não estou em posição de manter vícios nem quero ser dependente de nenhuma substância.

Tenho-me abeirado de novo dos meus “limites de serenidade”. Normalmente consigo lidar sozinho com estas coisas e já aconteceu conseguir ‘dominar’ um ataque de pânico, mas o copo está a encher de novo.

Pode ser que o calor volte e faça evaporar alguma da água e evitar que o copo transborde.

20 comentários:

  1. Conheço tão bem essa (maldita) ansiedade! Conheço tão bem esse teste aos limites do controlo!

    Nada como procurar ajuda, caso mais nada funcione, foi o que fiz!




    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por enquanto consigo aguentar-me sozinho. ;)

      Eliminar
  2. aiiiiiiii PM... estás um pouco desgovernado...
    Senta-te, pensa, assimila e muda!
    beijokas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, eu sei... Por isso é que me tenho isolado um bocado. Fico sozinho para pensar um bocado e pensar.

      Eliminar
    2. Mas isolar não é bom. Vem para cá, conta-nos tudo, ás vezes é mais fácil falar com desconhecidos...
      Se puder ajudo, tá?
      Beijokas

      Eliminar
    3. Isolar-me é melhor porque quando fico assim não sou boa companhia para ninguém. Assim não aborreço ninguém nem crio mau ambiente.

      Eu agradeço a tua disponibilidade mas é chover no molhado. Os motivos para eu estar assim já foram abordados em posts mais antigos: um coração partido, uma desilusão grande, solidão, frustração, desemprego... É sentir-me a afundar e às vezes algumas pessoas acharem que eu estou a fazer um grande drama por nada. Há alturas um bocado chatas :s

      Beijo e obrigado pela preocupação ;)

      Eliminar
    4. E quem nunca teve um coração partido?... eu já!
      Espero que tudo melhore para ti, força!
      Beijokas

      Eliminar
    5. Sim eu sei. Também não é a 1ª vez que me partem o coração mas desta vez é diferente. A dor desta vez é muito diferente e por isso mexe tanto comigo.

      Eliminar
  3. De certeza que consegues encontrar vícios que te diminuam a ansiedade mas que sejam saudáveis! Desporto, por exemplo! Ou desabafar tudo com alguém, que para mim é o melhor vício :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho andado muito preguiçoso em termos de desporto, mas por acaso tens razão.
      Como já foi referido noutros comentários, tenho usado o mar como escape. Ir à praia e a festas na praia ajuda a respirar melhor porque às vezes já nem me apetece muito falar.

      Eliminar
  4. normalmente o mar consegue acalmar as ânsias...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso tem sido essa a solução. Tenho andado muito junto do mar :)

      Eliminar
  5. O exercício a mim ajuda quando os sentimentos negativos me invadem, o mar tambem ajudou como diz a Jingas.
    Mudar de cenário costuma ser favorável, não percas as energias, é uma má, muito má fase que vais ultrapassar.
    Como me dizia um amigo és uma pessoa inteligente, não te esqueças é usar o que tens de bom.
    Não te vejo como cobarde, não verás ao caminho fácil...
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. * não cederás ao caminho fácil...
      (o telemóvel não ajuda na escrita...)
      Vou dar um passeio ao Rio e comer umas amoras, vens?

      Eliminar
    2. O exercício por acaso tem ficado para segundo plano mas tenho saído com alguns amigos, ido até ao mar, apanhado ar a ver se o ânimo se eleva.
      Espero bem que esta fase passe. Eu aguento muita coisa mas toda a gente tem o seu limite. Por enquanto aguenta-se...

      Eu vou sendo inteligente o suficiente para não me perder mas às vezes apetece mandar tudo para o tecto e perder a cabeça.

      Isso de passear no Rio e das amoras soa muito bem mesmo, pena que já venho atrasado e não sei de que rio falas. Mas obrigado pelo convite na mesma :)

      Eliminar
    3. Os planos nem sempre se concretizam... Tambem eu fui atrasada, já não há amoras, apenas o bom vinho das terras do demo..
      O que vale é que o Távora ainda ca está, era esse o rio... :)
      Quero ler-te peripécias felizes... Gosto do humor com que escreveste o último post, continua. :)
      Bjs

      Eliminar
    4. Curioso, na sexta deram-me a beber um copo de espumante das terras do demo. Gostei mais do nome do que da bebida, o que vale é que só tinha de conduzir 2km para casa porque depois daquelas misturas...ui

      Os meus planos também normalmente saem furados por isso há que tentar aproveitar as situações da melhor maneira, como parece que fizeste ;)

      Gostava muito de ter peripécias felizes para contar mas a verdade é que a minha vida anda num marasmo e não se passa grande coisa. Não tem acontecido nada de muito bom mas ao menos de mal também não.

      Boa semana, bjs*

      Eliminar
  6. Nada de isolamento é o pior . Não acumules pensamentos negativos.
    Olha várias formas tens para distrair a mente . Distrai-te com algo que gostes de fazer: vai a um lugar que gostes, correr ou mesmo andar até faz bem, vê um filme, vai até ao mar. Tudo menos "encobrir" os maus pensamentos com fumo ou alcool ,combinado? Força estamos aqui para te ouvir, desabafa! Isolar é que não! Vá arrebita porque a vida é hoje mesmo certo! Há sempre coisas piores. Vá lá força!! Vou voltar para ver se melhoraste não gosto de ver pessoas tristes!! Vá lá sorri!:).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes, eu preciso desses momentos de isolamento. Fui-me tornando assim. Mesmo vivendo com mais pessoas eu por vezes preciso de me afastar um bocado, ficar sozinho com as minhas coisas. Pensar sozinho, sossegado.

      Eu sei que o fumo e o álcool não devem ser usados como saída para "encobrir"o que me vai cá dentro mas olha que às vezes apetece mesmo. No meio do prazer que um cigarro ou um bom copo me dão sempre me fazem pensar noutras coisas.

      Por causa de um aniversário até me andei a meter nessas vidas de fumos e álcool, também mereço, mas tenho seguido a tua sugestão, e de outras pessoas, relativamente a usar o mar como escape. Tão bom!

      Obrigado pela força ;)

      Eliminar
    2. Ok se o isolamento te faz bem claro cada um tem de escolher a melhor forma de ultrapassar as"crises" porque todas as têm é normal. Que ultrapasses da forma mais salutar possivel!!
      Boa semana!!:)

      Eliminar